cartaz de reciclagemLixo reciclável é o material que, após ser utilizado, é reutilizado como matéria-prima para a produção de outros produtos. Mas alguns tipos de materiais recicláveis perdem parte de suas propriedades físicas por causa do processo, como por exemplo, o papel, que sofre uma diminuição das fibras de celulose.

A expressão “reciclagem” vem do inglês “recycle”, que significa “repetir ciclo”. No Brasil a ideia de reciclagem começou a aparecer na década de 1980, com o objetivo de reduzir a utilização de fontes naturais, muitas vezes não renováveis e a minimização da quantidade de resíduos que precisam de tratamento final.

Sem dúvida, a natureza é a maior beneficiada pela reciclagem, pois reduz o nível de poluição, o desperdício de recursos naturais e a utilização dos lixões e aterros sanitários. Para a população, a reciclagem oferece mais empregos, aumenta a qualidade de vida, diminui os riscos de doenças e ajuda os catadores. Para as indústrias o ganho é econômico, pois por mais que o custo de reciclagem seja mais alto do que os métodos convencionais, ainda sai mais barato do que comprar as matérias-primas "originais".

É um custo mais alto; porém, só traz benefícios, pois a intenção não é gerar recursos e sim reduzir o volume de lixo. É um investimento que gera ganhos ambientais e sociais.

Ao participar da coleta seletiva e da reciclagem, o cidadão assume um papel ativo em relação à cidade em que vive.

Cidades que mais reciclam no Brasil

mapa do brasil1. Curitiba (Paraná)

2. Itabira (Minas Gerais)

3. Londrina (Paraná)

4. Santo André (São Paulo)

5. Santos (São Paulo)

 

Em Curitiba, existem caminhões que recolhem só o lixo seco, sem nenhum restinho orgânico. Sendo assim, ele fica limpo e acaba sendo comprado pelas indústrias de reciclagem por um preço mais alto. Exemplo esse que deveria ser seguido em todas as cidades.

Dicas de Reciclagem

  • Separe o lixo seco de todos os restos orgânicos;
  • Não amasse latas e garrafas PET;
  • Não desmonte as embalagens longa-vida;
  • Não separe o lixo seco por tipo de material (as empresas de reciclagem sempre fazem uma nova triagem);
  • Lave as embalagens de produtos alimentícios, de limpeza e higiene.

Veja a economia de recursos para a produção de produtos reciclados:

Papel

Para produzir uma tonelada de papel, é necessário cortar 30 árvores ou mais. Portanto, imagine as milhares de árvores destruídas diariamente.

Uma tonelada de papel novo precisa de 50 a 60 eucaliptos, 100 mil litros de água e 5 mil KW/h de energia. Para produzir uma tonelada de papel reciclado, é necessário 1.200 Kg de papel velho, 2 mil litros de água e de 1.000 a 2.500 KW/h de energia.

Vidro

O vidro é 100% reciclável; portanto, para produzir 1 kg de vidro novo basta ter 1 kg de vidro reciclado

Metal

Se reciclarmos uma tonelada de aço, economizamos 1.140 Kg de minério de ferro e 155 Kg de carvão e na reciclagem de uma tonelada de alumínio, economiza-se 95% de energia, o que reduz 85% da poluição do ar e 76% do consumo de água.

Plástico

O plástico é derivado do petróleo, um recurso natural não renovável e, a cada 100 toneladas de plástico reciclado, evita-se a extração de uma tonelada de petróleo.